sexta-feira, 18 de junho de 2010

Adeus


José Saramago deixou este mundo. E, espero, sinceramente, que agora esteja num lugar muito, mas muito melhor - ainda tento acreditar piamente que existe algo além de nossa efêmera vida.
Mesmo que Saramago tenha me tirado horas de sono (quando fui obrigado a lê-lo) e que não esteja entre meus escritores prediletos, não posso deixar de compartilhar, como amante da leitura, a tristeza e o sentimento de que mais um ser humano especial nos deixa.

2 comentários:

  1. Linda e justa homenagem. Ultrapassou as fronteiras de seu país, colocando-o em lugar de destaque no campo literário. Cumpriu seu papel de mais um artífice da língua portuguesa.

    ResponderExcluir
  2. (chorei a beça com os noticiarios)

    ResponderExcluir